Arquivo da categoria: Marketing Sensorial

Varejista chinesa recebe flagship com experiência de compra

A agência de design de varejo Dalziel & Pow criou uma loja com experiência de compra diferenciada para a marca “Selected” do grupo chinês Bestseller Fashion.

O novo conceito premium da Future You Store será lançado inicialmente em uma série de lojas em Pequim, oferecendo um espaço “pronto para conectar, mudar e vestir o futuro consumidor”. O modelo de loja pretende divulgar a Selected como o destino para comprar roupas de trabalho de qualidade e que seguem as tendências, além de criar um modelo de estilo de vida aspiracional em torno da marca.

Integrando uma experiência dinâmica e hiperconectada para impressionar os nativos digitais da China, a loja inclui projeções, sinalização cinética e um feed de mídia social ao vivo por trás do caixa para evocar um sentimento de mudança e “novidade”. Um “espelho mágico” dentro da área dos provadores permite que os clientes percorram os produtos para encontrar sua roupa perfeita, que, uma vez escolhida, pode ser compartilhada via WeChat.

Pequenas telas de bolso, chamadas “Debriefs”, estão à disposição, integradas em toda a loja. Nelas são exibidas pequenas informações sobre o produto, escolha de materiais utilizados na confecção e inspirações de moda.

A linguagem do design da loja foi desenvolvida para criar uma sensação de “um único espaço”, um conceito projetado para pessoas e não para gêneros; um local fluido que cria fluxo entre categorias e reflete o fato de que os casais chineses costumam fazer compras juntos. Uma única arara com os produtos flui através de toda a loja, unificando simbolicamente o espaço.

Os provadores selecionados são uma característica arquitetônica importante, além de um espaço social, assim como o balcão do caixa. Há também store-in-store separadas para as marcas Chinos e Denim, aprimoradas por pequenas telas que detalham as características de modelagem e tecido.

A incrível fábrica de lojas de chocolates!

Passada a páscoa, a indústria e o comércio divulgaram os resultados das suas vendas. Este ano elas aumentaram 1,29%, em comparação com a mesma data comemorativa do ano passado. Em 2018, as vendas recuaram 0,34%, segundo levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes e Lojistas (CNDL) e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). Este resultado é um alento para o varejo começar a dar sinais mais sólidos de recuperação, mas não o suficiente para a retomada ao patamar de crescimento anterior a recessão econômica. A Páscoa representa o primeiro grande evento de consumo do ano.

Os produtos mais procurados nesta Páscoa foram os tradicionais ovos de chocolates industrializados (61%), caixas de bombons (50%), ovos de páscoa artesanais e caseiros (38%), barras de chocolate industrializadas (33%) e artesanais (25%), colombas pascoais (13%) e bebidas, como vinho (13%).

Apesar do pequeno aumento nas vendas este ano, uma fabricante de chocolates tem demonstrado grande otimismo com o futuro do país, apostando num ousado projeto de expansão de grandes lojas em shopping centers – A Cacau Show Megastore.

Tudo iniciou em novembro de 2017, quando Alexandre Costa, fundador e presidente da Cacau Show, teve a iniciativa de montar uma loja dentro de sua imensa fábrica na cidade de Itapevi-SP, nas margens da Rodovia Castelo Branco. Mais que uma loja de fábrica, o projeto contemplava uma megastore de 2 mil metros quadrados que consumiu investimentos de 7 milhões de reais e com capacidade para receber até mil visitantes por dia. Mais da metade do espaço é ocupado por um miniparque temático, o Cacau Parque. Na entrada, um carrossel com sete metros de altura. Uma árvore e um urso falantes cumprimentam aqueles que chegam. Um vagão de trem se revela um cinema para dezesseis pessoas. As cadeiras se mexem e há simulação de neve. A experiência sensorial proporcionada ao consumidor encanta a todos. A loja fez tanto sucesso que despertou o interesse de expandir este conceito em outros cantos do Brasil.

Foi assim que em agosto de 2018, num espaço de 450m²e investimentos de R$ 2 milhões, dentro de um dos principais shoppings de São Paulo – o Morumbi Shopping, numa parceria com a Multiplan, foi inaugurada a segunda loja dentro do conceito iniciado na fábrica, agora adaptado para uma área menor, mas mantendo toda a magia e passando a experiência da marca para os consumidores de todas as idades. Nesta unidade, entre outras atrações, existe um palco de shows de jazz gratuitos. Um setor destinado aos produtos infantis hospeda um teatro de fantoches. Há ainda o chamado Cacau Lab, onde profissionais ensinam o público a fazer temperagem do chocolate e outros truques. Em algumas noites, Alexandre Costa dá aulas por lá.

Novamente o sucesso se repetiu e projetou a marca Cacau Show a um novo patamar, antes uma marca de apelo mais popular para uma certa premiunização, atraindo um público que antes não frequentava suas lojas. A partir daí, animados com a resposta do público, fecharam acordo com a rede de shoppings Multiplan para uma sequência de lojas e desde então vem inaugurando unidades numa velocidade impressionante.  Foram inauguradas lojas em São Caetano, Jundiaí, Porto Alegre, no Shopping Anália Franco na capital paulista e pretendem inaugurar outras 25 unidades nos próximos meses. A meta é abrir pelo menos uma megaloja em cada cidade de grande porte no país. No alvo estão shoppings que atendem as classes A e B.

A estratégia das megalojas segue a parte do projeto de expansão da Cacau Show. Hoje, a rede que completou 30 anos de existência recentemente, conta com 2200 pontos de vendas via franquias e pretendem chegar nos próximos anos a 4 mil unidades. No ano passado inauguraram 206 novos pontos de venda e a empresa faturou R$ 3,9 bilhões, 20% mais do que em 2017. A Cacau Show é a segunda marca de chocolate mais vendida no país, com 9,6% de participação de mercado.

A Cacau Show é ou não é uma incrível fábrica de abertura de lojas de chocolates?

Pague Menos inaugura flagship com oferta de serviços

A rede Pague Menos inaugurou sua milésima unidade na cidade de Fortaleza (CE), onde a companhia surgiu. A loja possui três andares e mais de 2 mil metros² de área construída, sendo considerada a maior farmácia das Américas. A flagship farmacêutica oferece serviços, como gôndolas interativas, cafeteria, salão de beleza, consultórios farmacêuticos com serviço de exames rápidos, vacinação, entre outros.

O objetivo da unidade é proporcionar para os clientes uma melhor experiência de compra, alinhada à das principais drugstores norte-americanas, trazendo um novo modelo de farmácia para o Ceará.

A nova loja oferece um salão “Sempre Bem” exclusivo para os consumidores da loja, onde é possível realizar serviços de beleza como hidratação capilar, escova, esmaltação e maquiagem. Para ter acesso aos serviços gratuitos é necessário adquirir produtos Procter & Gamble, Risqué e itens de maquiagem, entre outros. Os profissionais do salão utilizam os mesmos produtos que foram adquiridos, mostrando o método ideal de utilização, de acordo com as necessidades de cada cliente.

Há ainda um móvel interativo Beauty Care, da Johnson & Johnson, que indica os produtos mais adequados para cada tipo de pele. Na hora da escolha é possível realizar um quizz em tempo real, que apresenta as melhores sugestões para cada perfil. O móvel com tecnologia “Lift and Learn” é composto por uma TV de LED e uma bancada expositora com um produto de cada marca. O sistema permite que, ao levantar um dos produtos, o consumidor receba informações sobre sua composição, benefícios e modos de uso. Um cronograma de cuidados faciais personalizado é sugerido, identificando as necessidades especificas de cada cliente e consultoras de diferentes marcas ficam no espaço, para dar atendimento e apoio ao público. O foco é minimizar as dúvidas dos consumidores no momento da compra.

Na área de produtos infantis a Johnson & Johnson implementou uma gôndola intuitiva, de acordo com as rotinas das famílias com crianças, dedicada às áreas de higiene (banho e pós-banho), troca, nutrição, acessórios e outros.

A loja possui uma cabine da Omron, empresa japonesa de dispositivos e equipamentos de cuidados para a saúde. O equipamento realiza monitoramento da pressão arterial e controle de indicadores corporais. O móvel é uma espécie de cápsula com poltrona e tela touch, onde os clientes encontram dicas sobre cuidados com a saúde, como realizar corretamente o monitoramento residencial da pressão arterial e o controle de indicadores corporais. É possível utilizar ainda um monitor de pressão disponível para realizar a auto medida.

A farmácia tem o Clinic Farma com 2 salas de atendimento, onde é possível fazer o acompanhamento do tratamento prescrito pelos médicos e de autocuidado, revisão da medicação, acompanhamento de diabetes, hipertensão, risco cardiovascular, asma e participar de programas para deixar de fumar e perda peso, entre outros. O farmacêutico realiza testes de verificação de pressão arterial, glicemia e bioimpedância.

No local é a possível realizar exames laboratoriais rápidos, como Beta HCG (gravidez) e perfil lipídico (colesterol TSH e BHCG), cujos resultados saem em até 14 minutos. A rede utiliza a plataforma de testes laboratoriais Hilab, que combina internet das coisas e inteligência artificial para acelerar o diagnóstico. O equipamento precisa apenas de algumas gotas de sangue do dedo do cliente, tornando o exame menos invasivo.

Há ainda a farmácia, um laboratório de manipulação e uma unidade da Azul Cargo Express, onde é possível fazer envios para todo o território nacional. No 2º andar, há um ambiente da cafeteria Santa Clara – Reserva da Família, onde está disponível uma seção saudável com opções funcionais de alimentação.

A fofurização do varejo – experiência acima de tudo!

Por Marcos Hirai – 18 de outubro de 2018

O MorumbiShopping, templo do consumo da zona sul paulistana vêm se tornando, voluntariamente ou não, berço de vários novos modelos de varejo que têm em comum propostas de lojas que oferecem, sobretudo, experiência ao consumidor além de uma dose de fofura. Conheçam algumas delas (e aproveite para visitá-las):

Estrela Beauty – Em junho último, a tradicional fabricante de brinquedos Estrela inaugurou a primeira unidade da “Estrela Beauty”, uma marca de play make-up e acessórios, pensados e desenvolvidos para a criança. O espaço dispõe de diversas penteadeiras para quem quiser se maquiar “brincando”. Uma loja concebida para experiências, por isso, na entrada da loja existe um painel interativo com animação como um ponto de atração, onde as crianças podem brincar e clicar nos ícones. Além de um espelho mágico, que possui um monitor atrás, promovendo interatividade, onde a criança assiste outras crianças com vários tipos de maquiagem. Um ateliê com mesa, onde ela pode sentar e se maquiar, há armários com produtos para pegar e se divertir, papéis para desenhar e espelhos com frases escritas com batom. Para as meninas, papais e mamães, é um lugar com diversão garantida.

Snoopy Café – Snoopy, o famoso cão das histórias em quadrinhos criadas por Charles Schulz, é o tema de uma cafeteria inaugurada em junho. O balcão da loja é todo decorado com as tirinhas da turma de Charlie Brown. E as xícaras, os guardanapos, os copos e a maioria das guloseimas vêm decorada com imagens dos personagens. Quem é fã também pode levar para casa uma lembrancinha, já que a casa vende canecas e bichos de pelúcia de personagens como Snoopy, Charlie Brown, Woodstock e Lucy. Fofos não?

Megastore Cacau Show – A loja inaugurada em agosto ocupa 450 m² do piso térreo e é a maior loja de chocolates em shopping centers do Brasil. O espaço lúdico mostra um ambiente repleto de experiências diferenciadas. Por exemplo, nas noites de terça e sexta, monta-se um palco de shows de jazz gratuitos. Um setor destinado aos produtos infantis hospeda um teatro de fantoches. Há ainda o chamado Cacau Lab, onde profissionais ensinam o público a fazer temperagem do chocolate e outros truques. Tem também uma exótica e charmosa cafeteria. Na área Bean to Bar, os consumidores podem acompanhar todo o processo de torra e drageamento do cacau. Enfim, uma loja para consumir, mas, sobretudo, se divertir muito.

Sorveteria Dona Nuvem – A sorveteria Dona Nuvem, que abriu há pouco mais de um ano numa galeria da rua Augusta e virou sensação entre as adolescentes, anunciou a abertura nos próximos dias de uma filial conceito com 125m2. A sorveteria, inspirada numa doceria de Londres , é conhecida por oferecer a combinação de sorvete com algodão doce que lembra uma nuvem, com possibilidade de customização e criação dos sorvetes a partir da escolha de temas como “Unicórnio”, “Sereia”, “Tubarão”, além de coberturas e toppings variados, como pipoca, confeitos de estrelinhas ou até um biscoito em formato de emoji. “A ideia é resgatar os sabores da infância”. Um lugar feito sob medida para postagens no instagram.

Essas quatro lojas citadas deixaram de ser pontos de vendas (PDVs) para se transformarem em pontos de experiência. Este termo que o Grupo GS& Gouvêa de Souza batizou de PDX, envolve absolutamente tudo em relação à antiga concepção da loja, com relação à oferta de produtos e serviços, ao design, à ativação e promoção de vendas, ao atendimento, à atuação e ao papel das pessoas, aos instrumentos de monitoramento e controle incorporados e, talvez mais importante, ao empoderamento das equipes que atuam nesses espaços. A loja começa a exercer um papel mais amplo, como um ponto de encontro, de experiência e de relacionamento não se restringindo mais à venda de produtos baseado na racionalidade e que pressiona a rentabilidade do negócio.

https://www.mercadoeconsumo.com.br/2018/10/18/a-fofurizacao-do-varejo-experiencia-acima-de-tudo

KFC ironiza aplicativos de meditação e propõe som de frango fritando

fggh

Com o objetivo de ironizar os aplicativos que propõe meditação com sons da natureza, o KFC lançou uma campanha que promove um “upgrade” nesse método, com sonora de frango e bacon fritando, além de molho fervendo.

A ação criada pela Mother London surgiu em comemoração ao Mindfulness Day, celebrado na última quarta-feira (12).

No vídeo da campanha, o foco se encontra no frango frito, produto mais vendido do KFC. Mas no site oficial os interessados podem encontrar os outros áudios.

Confira abaixo o vídeo oficial:

Áudio advertising : o que é e como funciona

Por ser um mercado que ainda não atingiu a maturidade no Brasil, há ainda certo desconhecimento das possibilidades e formatos disponíveis no segmento de áudio digital.

Rodrigo Tigre – 17 de julho de 2018 – 16h42

Acompanhar a tendência dos usuários já é rotina para as marcas rotina, os anunciantes devem estar sempre atentos em quais plataformas estão e como desejam ser impactados em cada uma delas. Entre os serviços de streaming de música, podcasts, audiobooks, apps mobile, games e rádios online estão as oportunidades para a mídia  áudio, que tem grande impulso pela variedade de produtos conectados disponíveis, e sua crescente penetração entre públicos de interesse para o marketing. É uma boa opção para gestores de marcas que buscam alcance, frequência, engajamento, segmentação da audiência e mensurabilidade. Além de ser mobile-friendly, característica essencial na atualidade.

A escalada do áudio advertising também está ligada à ascensão do consumo do áudio digital, que registra crescimento no mundo todo. No Brasil, a curva de aumento é constante e indica que o país seguirá a tendência dos mercados desenvolvidos, onde plataformas que distribuem áudio por streaming, on demand e rádios online já são populares, sobretudo entre os jovens. De acordo com projeção da consultoria  eMarketer, mais de 191 milhões de norte-americanos usuários de internet escutarão rádios online ou podcasts ao menos uma vez por mês em 2019.

O áudio digital é especialmente forte nas faixas etárias entre 18 e 34 anos, grupo relevante porque estão começando a tomar decisões de consumo e criar relacionamentos com marcas que podem durar a vida inteira. O engajamento de anúncios de áudio é representativo, de acordo com pesquisa conduzida pela Midroll, 67% dos entrevistados conseguiam citar um produto ou uma promoção que haviam ouvido em um podcast, enquanto 61% afirmaram que já tinham adquirido um produto ou serviço conhecido por meio de uma propaganda em podcast.

Por ser um mercado que ainda não atingiu a maturidade no Brasil, há ainda certo desconhecimento das possibilidades e formatos disponíveis no segmento de áudio digital. Flexibilidade pode ser considerado um dos adjetivos do áudio advertising, já que há formatos compatíveis com objetivos da campanha que vão desde sessões patrocinadas a segmentações regionais. Abaixo, listo os principais formatos de anúncios oferecidos em áudio digital, especificações técnicas que precisam ser seguidas para uma campanha atingir seus objetivos e suas estratégias de criação, entrega e segmentação de audiência.

–      Spots gravados: disponíveis em tamanhos-padrão de 15, 30 ou 60 segundos, podem ser veiculados de maneira independente, no meio de streamings de música e podcasts, ou junto de outros anúncios, em uma parada comercial durante a programação. Entre as opções de posicionamento, há o pré-roll (posição premium) que precede o conteúdo desejado e costuma ser eficaz para construir lembrança de marca; o mid-roll (inserção do spot no meio do conteúdo), formato que a maioria dos usuários já está acostumada e não considera excessivamente intrusiva no áudio; e o pós-roll (quando encerra sessões) que está nas playlists ou podcasts patrocinados e ainda possibilita a inserção de um call-to-action.

–      Spots com banner sincronizado: alguns canais permitem entregar um banner sincronizado durante o spot de áudio, que segue a mesma estrutura de um banner-padrão em display. A peça gera a oportunidade de incluir um call-to-action na propaganda, mas é importante lembrar que nem sempre ela é vista, já que na maioria das vezes o ouvinte está com o media player minimizado ou com outro aplicativo/janela aberto em primeiro plano na tela.

–      Native ads: mais comum em podcasts, tem duração variável e geralmente são lidos pelo apresentador, que pode incluir no texto seu endosso à marca ou ao produto. Esses anúncios são integrados à programação, de maneira permanente, ou inseridos de forma dinâmica. Pré-roll, mid-roll e pós-roll são as alternativas de posicionamento.

–      Canais/playlists customizados: canais e playlists podem ser customizados por uma marca e veiculados em plataformas de streaming, com ou sem elementos a serem exibidos na tela.

–      Sessões patrocinadas: formato onde as sessões incluem conteúdo selecionado pelas marcas e distribuído com apoio publicitário. Durante grandes eventos musicais, por exemplo, o anunciante pode oferecer aos ouvintes sessões gratuitas relacionadas, livres de propaganda, obtendo retorno no valor de marca.

–      Podcasts customizados: o branded content é facilmente adaptável aos podcasts. Seus conteúdos patrocinados variam de menções à marca e integração editorial a participação do anunciante em toda a sua criação.

–      Anúncios in-player: formato comercializado pelas plataformas provedoras de conteúdo que não se relaciona com o áudio consumido em si, mas sim com o media player acessado. Anúncios em display são posicionados na maioria das plataformas, em tamanhos variados, permitindo interação do ouvinte, que está buscando conteúdo por gênero, localização, histórico, associações ou preferências pessoais.

–      Vídeo pré-roll: é o formato que roda um vídeo antes do início do áudio, seguindo  as mesmas normas de outros contextos digitais, e o usuário não consegue interagir com o media player até que ele termine.

–      Anúncios ativados por voz: plataformas que possibilitam ao ouvinte interagir com o anúncio sem usar as mãos – basta falar. Esse formato auxilia a conexão entre anunciante e consumidor, por meio de calls-to-action como receber informações do produto ou serviço via e-mail, mensagem de texto e mensagem de voz.

–      Anúncios mobile: são spots entregues em dispositivos móveis, geralmente não ultrapassam 15 ou 30 segundos de duração, já que banners sincronizados também estão disponíveis em mobile. Algumas opções de conexão com o consumidor que esses anúncios oferecem são: o tap to call, que faz um número de telefone aparecer na tela quando o usuário toca no banner, permitindo que ele entre em contato imediatamente com o anunciante; com o link direto, um toque no banner leva o ouvinte diretamente ao site do anunciante; e o tap for email or text, capaz de enviar um e-mail ou uma mensagem de texto ao consumidor quando ele toca no anúncio.

(*) Rodrigo Tigre é sócio-diretor da Audio.ad, empresa líder em soluções de publicidade em áudio digital na América Latina no mercado hispânico dos Estados Unidos

http://www.proxxima.com.br/home/proxxima/how-to/2018/07/17/audio-advertising-o-que-e-e-como-funciona.html

Marketing olfativo: marca espalha aroma de sorvete na Av. Paulista

Não se surpreenda se sentir aquele cheirinho de biscoito de forno ao passar pela Avenida Paulista esta semana (04). A Bacio di Latte, em parceria com a Otima e a Pilar, preparou uma ação especial que vai deixar muita gente com água na boca.

Para divulgar o novo sabor da marca, de biscoito de gingerbread, o abrigo de ônibus localizado na Avenida Paulista 2026 vai liberar no ambiente o aroma do sorvete, feito à base de gengibre, cravo e canela. Confiro abaixo algumas imagens da ação: