Arquivo da categoria: Buzzmarketing

Twitter terá página especifica para conversas sobre programas de TV no Brasil

 

AAAAAAAAA

Nesta terça-feira (23), o Twitter anunciou o lançamento oficial de uma página especial que reúne tuites de usuários que comentam programas de TV enquanto são exibidos. O recurso foi testado na Copa do Mundo da Rússia e continuou nas eleições.

“A ideia é tornar mais simples a experiência das pessoas interessadas em acompanhar e comentar sobre o que está acontecendo nos programas de TV”, comunicou a empresa na rede social.

Cada programa contará com sua própria página e será disponibilizada 30 minutos antes e 30 minutos após a transmissão, para a interação dos internautas. As chamadas com os links para as páginas poderão ser visualizadas na aba “Explorar”.

http://adnews.com.br/internet/twitter-tera-pagina-especifica-para-conversas-sobre-programas-de-tv-no-brasil.html

As quartas usamos rosa: Internet comemora o #MeanGirlsDay

rosa

O filme Meninas Malvadas ficou extremamente conhecido nos anos 2000 por retratar a vida de um grupo de garotas americanas em seu auge: o colegial. Lindsey Lohan interpreta Cady, uma adolescente branca que viveu metade de sua vida na África e estudou em casa. Ao chegar em um colégio estadual, a personagem se depara com diversos obstáculos sociais, entre eles, o grupo de meninas populares.

No filme, a atriz contracena com o “desejado” jogador da escola, Aaron Samuels, onde ele pergunta “Que dia é hoje?”. Ela responde “3 de outubro”. A data marcou os fãs desde então e se não bastasse a comemoração anual neste mesmo dia, este ano (2018), o dia caiu exatamente em uma quarta-feira.

Para quem não está familiarizado, Regina George, a “abelha rainha” das populares, estabelece a todas suas amigas que às “quartas-feiras usamos rosa”. Portanto, é um grande dia para os fãs e a internet está indo a loucura com a coincidência. Confira:

inclusive, a hashtag mais usada no momento na plataforma Twitter é #MeanGirlsDay:

Plataforma de vídeos do Facebook é lançada globalmente

Vídeos Facebook

Facebook Watch foi disponibilizado nesta quarta-feira (29) em todos os lugares, com objetivo de oferecer às pessoas uma nova maneira de descobrir vídeos e interagir com amigos, criadores de conteúdo e outros fãs.

Primeiramente lançado nos Estados Unidos em agosto de 2017, a função serve para oferecer no Facebook um lugar para encontrar programas e criadores de vídeos e para iniciar conversas com amigos, outros fãs e até mesmo com os próprios criadores. Durante o último ano, a experiência tomou um viés mais social ao criar programas que trazem a participação da audiência e com a abertura do Watch para vídeos de páginas. Essas atualizações ajudaram as pessoas a descobrir e engajar mais profundamente com os vídeos que gostam

Como agora o programa foi disponibilizado para o mundo todo, veja o que ele oferece:

  • Um lugar para descobrir vídeos: encontre os vídeos mais recentes sobre entretenimento, esportes, notícias e muito mais, tudo em seu Feed personalizado do Watch.
  • Uma maneira de acompanhar os publishers e criadores de conteúdo que você adora: Na parte superior do seu Feed do Watch, você verá sua Lista para Assistir, que traz vídeos recentes das Páginas que você segue. Personalize esta seção seguindo ou removendo Páginas da sua lista no Watch.
  • Uma home para seus vídeos salvos: Se você encontrar um vídeo no seu Feed de Notícias, mas não conseguir assistí-lo naquele momento, você pode salvá-lo para ver depois no Watch.
  • Vídeos que você pode participar: Estamos desenvolvendo novas experiências de vídeo que colocam as pessoas no centro, dando a elas a possibilidade de moldar a direção do conteúdo. Com o tempo, você poderá encontrar novas experiências de vídeo no seu Feed do Watch, como as Watch Parties, Premieres e vídeos focados na participação da audiência – como o novo game show de perguntas e respostas, Confetti. E facilitaremos a forma de encontrar vídeos ao vivo para que você possa discutir os grandes momentos enquanto eles estão acontecendo.

Disponibilizar o Watch globalmente também significa novas oportunidades para publishers e criadores de vídeo. Portanto o serviço de Ad Breaks será expandido para que mais parceiros gerem receitas com suas criações e ofereçam novos insights, ferramentas e práticas recomendadas para páginas por meio do Creator Studio.

http://adnews.com.br/negocios/plataforma-de-videos-do-facebook-e-lancado-globalmente.html

BK muda a história do jogo e aceita pedidos pelo Stories do Instagram

dsa

Com ações que fogem do comum, o Burger King comunica a sua visão irreverente para diversas partes do mundo. Depois de premiar clientes romenos que deixassem de voar para comer um Whooper (veja aqui), a rede de lanchonetes cria mais uma forma surpreendente de vender seus Whoopers na Europa, desta vez na Espanha.

Com o mote que os seus consumidores podem fazer os seus lanches completamente do jeito que preferirem, a empresa, em parceria com Lola MullenLowe, usou as redes sociais para engajar e mudar a história de como os pedidos são feitos.

Por meio de postagens no Stories do Instagram, os usuários visualizavam os diversos ingredientes do lanche e poderiam escolher se o queriam em seu sanduíche ou não. Ao final da experiência, o próprio BK enviava uma mensagem direta com as especificações de cada freguês para que ele fosse a uma loja física trocar as suas respostas na enquete por um Whooper personalizado.

Parte de uma estratégia maior, a projeto de social media coletou os dados para lançar um novo item no menu a partir das preferências expostas na rede social. Dessa maneira, o escritório ibérico da companhia disponibilizou o InstaWhooper, uma opção idêntica ao tradicional produto, mas sem picles – já que esse ivegetal não era o mais popular por lá.

De acordo com a agência madrilenha, a “Stories Ordering” registrou mais de 270.000 interações e a criação de 35.000 Whoopers personalizados, garantindo à página um crescimento de 5.000 seguidores. Para entender melhor toda a concepção da campanha, confira abaixo um videocase da ação:

Goleiro usa o celular em ação da Uber em conscientização aos acidentes no trânsito

uber celular jogo

No último domingo (13/05), durante a partida entre Atlético Paranaense e Atlético Mineiro na Arena da Baixada, o goleiro Santos surpreendeu a todos com uma atitude. O atleta que é maior responsável pela segurança do time em campo ficou mexendo no celular minutos antes da partida, algo que poderia prejudicar a sua atenção e colocar seus companheiros em risco.

A atitude chamou atenção de torcedores e imprensa esportiva e até rendeu críticas ao goleiro. No dia seguinte, porém, ele revelou que sua aparente irresponsabilidade, na verdade, foi parte de uma campanha da Uber e Atlético para o Maio Amarelo, para alertar a população sobre o quanto esse hábito pode ser perigoso em outro lugar: no trânsito.

“O que eu fiz em campo é igual ao que milhares de pessoas fazem todos os dias no carro. Só que se envolver em um acidente de trânsito, é muito mais perigoso do que tomar um gol.”, disse o goleiro, que aproveitou a indignação que sua atitude gerou nas pessoas para pedir que elas parem de usar o celular enquanto dirigem.

Atualmente, no Brasil, são mais de 400 mil acidentes nas estradas todos os anos, conforme dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Usar celular na direção é uma das principais causas de mortes no trânsito no país. De acordo com a Associação Brasileira de Medicina do Tráfego, a Abramet, são cerca de cento e cinquenta mortes por dia, quase 54 mil/ano. Por isso, a Uber em parceria com o Clube Atlético Paranaense, decidiram levar essa discussão para os gramados de futebol que é uma das marcas registradas do país.

O resultado foi uma ação para mobilizar milhões de pessoas no mundo todo pela conscientização sobre um trânsito mais seguro.

http://adnews.com.br/publicidade/goleiro-usa-o-celular-em-acao-da-uber-em-conscientizacao-aos-acidentes-no-transito.html

5 tendências de storytelling para 2018

story

A eficácia do uso de storytelling por marcas e empresas já não é novidade. Estudos comprovam que por estimularem a produção dos hormônios dopamina e serotonina, uma das principais ferramentas para fazer com que consumidores se lembrem de uma marca ou empresa é contar uma boa história capaz de despertar emoções. Com isso, cada vez mais empresas de diferentes segmentos têm adotado a estratégia para engajar e vender mais.

Mas, quais são as novidades? A produtora paulistana La Casa de la Madre, que se posiciona como especialista no assunto, preparou uma lista com cinco tendências de storytelling para 2018. As dicas são do CEO da produtora, André Castilho:

Núcleo de storytelling interno


Ao invés de enviar briefings para profissionais que não conhecem sua marca profundamente, o melhor é estabelecer um núcleo de storytelling dentro da própria empresa. Estes profissionais poderão conhecer as histórias que são contadas ali dentro, encontrar potenciais personagens, assimilar os valores da companhia e criar histórias autênticas e únicas associadas à marca. Ter um departamento interno dedicado também reduzirá custos e prazos. Para criar este núcleo, aposte em profissionais que sejam especialistas em storytelling, dentre eles conte com ao menos um roteirista, um filmmaker e um produtor.

Funcionários storytellers


Com as redes sociais, todos os funcionários são microinfluenciadores. Assim, cada membro de uma equipe pode se tornar um contador de histórias corporativo, onde as pessoas poderão acompanhar suas trajetórias, altos e baixos, mas sempre de acordo com o posicionamento da empresa. Para transformar os funcionários em storytellers, dê a eles suporte e treinamento para que saibam utilizar da melhor maneira as ferramentas de produção e distribuição de histórias. Isso pode, inclusive, ajudar a melhorar as vendas e negociações da equipe.

Consultorias de storytelling


Para quem já tem um núcleo de storytelling interno ou para quem terceirizou o serviço, a consultoria ajudará a empresa a entender qual o real conhecimento da equipe interna em relação ao recurso, ajudando com estratégias, planos de ação e a encontrar as melhores histórias para serem contadas de acordo com as necessidades de cada departamento. Além disso, é possível criar um guia de storytelling para ser seguido a fim de alinhar os discursos e campanhas de toda a empresa.

Storytelling educativo


Educar conquista e fideliza consumidores. Portanto, crie conteúdos educativos atrelados a histórias poderosas, pois além de aprenderem, os consumidores se motivarão e terão a marca como um auxiliador no processo de autodesenvolvimento, criando um laço emocional com ela.

Netflix para a sua marca


A produção de conteúdo massificado é um erro. Por isso, é preciso conhecer bem a audiência da marca e produzir o conteúdo alinhado com aquilo que ela quer consumir. Assim, recomenda-se que as empresas tenham, em primeiro lugar, uma plataforma proprietária de broadcast de conteúdos em vídeo, o que possibilitará a empresa a conhecer as preferências e hábitos dos consumidores. Dessa forma, em vez de destinar verba para propagandas em grandes emissoras, as empresas e marcas passam a usar esse budget para a criação de conteúdo e de audiência próprios.

A produtora também reuniu um material mais completo em um e-book gratuito (clique aqui)

http://adnews.com.br/negocios/5-tendencias-de-storytelling-para-2018.html

Felipe Neto patrocina Botafogo no jogo contra o Palmeiras

netos brothers

Felipe Neto um dos maiores nomes da internet em nível mundial fechou uma parceria com seu time do coração, Botafogo. Através da sua franquia de coxinhas com seu irmão, a “Neto’s”, ele patrocinará o time na partida desta segunda-feira contra o Palmeiras, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. A logo aparecerá na camisa dos jogadores do clube alvinegro de forma pontual no confronto.

Trata-se de um teste para 2018 e caso a experiência se mostre positiva, o vínculo deve se estender para a temporada do ano que vem. “Esse é o início de uma grande história”, garante Neto.

Ainda de acordo com Neto, o encontro é para criar o primeiro contato, mostrar que a camisa ficou bacana, que não ficou agressiva. Este princípio de relação com o público é para isso e, ano que vem, termos o projeto mais robusto. Essa ideia já vem desde conversa inicial, explicou Felipe no Estádio Nilton Santos, durante entrevista coletiva de apresentação, nesta sexta-feira.

Marcio Padilha, vice-presidente de marketing do clube também deu seu recado: “Deixo claro para quem acha que não é legal. O Felipe tem empresa, não é gentiliza. É uma relação comercial que nos deixa muito feliz por ser um botafoguense ilustre. Não é troca de favores. É uma relação comercial no jogo contra o Palmeiras. Mas temos certeza que vai seguir por muito tempo. Botafogo tem ativado os patrocinadores e com a Neto’s não será diferente – afirma

http://adnews.com.br/negocios/felipe-neto-patrocina-botafogo-no-jogo-contra-o-palmeiras.html