Arquivo mensal: abril 2017

Total Publicações lança vending machine de revistas

 

27 de Abril de 2017  

machine

A Total Publicações, empresa do Grupo Abril responsável pela distribuição de revistas, acaba de inaugurar, em parceria com o Grupo Edicase, sua primeira vending machine de revistas. Localizada em São Paulo, no bairro do Morumbi, a máquina oferecerá aos leitores 41 títulos, entre eles VEJA, Época, CLAUDIA, Galileu, Manequim, quadrinhos Turma da Mônica e Coquetel. Os preços de venda serão os tradicionais de cada marca, já praticados nas bancas e demais pontos de venda.

Osmar Lara, diretor Comercial da Total Publicações, explica que a iniciativa tem como objetivo oferecer mais uma opção de ponto de venda aos leitores, que além da banca, estão acostumados a comprar revistas em mercados, farmácias e lojas de conveniência. “O grande destaque dessa máquina é que ela será abastecida com títulos novos diariamente e a parceria com vários editores, entre eles Abril, Edicase, Ediouro, Globo e Grupo Caras, possibilitará uma oferta variada de publicações para os mais diversos perfis de consumidores”, diz.

Nos próximos meses outros equipamentos serão instalados na capital paulista. Uma equipe de inteligência de mercado da empresa fará a seleção dos títulos que serão disponibilizados em cada máquina, de acordo com perfil do consumidor de cada região.

http://adnews.com.br/midia/total-publicacoes-lanca-vending-machine-de-revistas.html

Trident Fresh leva painel interativo para a Avenida Paulista

 

27 de Abril de 2017 1 

Trident

Trident estreia mobiliário urbano interativo para comunicar a linha Fresh e seu conceito “Refresque sua vibe”. O painel digital, instalado em uma das maiores avenidas de São Paulo, convida os pedestres a interagirem escrevendo ou desenhando uma mensagem para amenizar a correria do dia-a-dia.

O painel criado pela agência F/Nazca Saatchi & Saatchi foi desenvolvido pela Bizsys e ficará instalado na Av. Paulista até o dia 1º de maio. A distribuição de cortesias vai durar enquanto houver estoque.

Quem quiser participar precisará cadastrar o número do CPF e do celular para deixar o seu recado na tela TouchScreen. Com aspecto de congelada, a tela dá a impressão de que as pessoas estão escrevendo no gelo, como se fosse um vidro congelado de verdade.

Por fim, o participante receberá um SMS com o conteúdo criado para compartilhar com os amigos em todas as redes sociais.

Confira abaixo algumas fotos da ação:

FICHA TÉCNICA:

TÍTULO: O Ponto Mais Fresh da Cidade
DIREÇÃO GERAL DE CRIAÇÃO: Fabio Fernandes
DIREÇÃO DE CRIAÇÃO: Pedro Prado | Theo Rocha
CRIAÇÃO: Philippe Demar | Isaac Serruya | Adriana Leite | Luiz Brodo | Mica Moran
ATENDIMENTO: Ricardo Forli | Mariana Silveira | Gabriela Marques | Rafael Franceschini | Rafaela Assunção
MÍDIA: Maurício Almeida | Andre Cais | Fabiana Rodrigues | Thiago Ribeiro
PLANEJAMENTO: Danilo Lima | Tatiana Weiss | Carla Puttini
DIRETORA DE PRODUÇÃO INTEGRADA: Juliana Hasegawa
GERENTE DE PROJETOS: Vivian Mo | Bia Andreucci
DIRETOR DE TECNOLOGIA: Jefferson Russo
TECNOLOGIA E DESENVOLVIMENTO: Bizsys
MÍDIA EXTERIOR: Otima
ART BUYER: Edna Bombini | Juliana Gardim | Kamila Bertolino
ILUSTRAÇÃO: Boreal
PRODUÇÃO GRÁFICA: Jomar Farias | Leandro Ferreira | Guilherme Gaggl
APROVAÇÃO CLIENTE: Renata Vieira | Paloma di Santo | Raphael Dias

 

Sonho de Valsa e McDonald´s anunciam parceria com filme emocional

 

26 de Abril de 2017

Mcd

Após o McFlurry Laka com Diamante Negro, o McDonald´s lança em todos os seus restaurantes o McFlurry e o McShake Sonho de Valsa em campanha desenvolvida pela DPZ&T, agência responsável pelo filme para TV, materiais de ponto de venda e out of home.

Para o lançamento se comunicar melhor com o consumidor, houve um social listening que analisou as formas como o brasileiro trata o tema “Amor”, aumentando o potencial de engajamento das redes sociais na campanha.

A partir daí foi criado um comercial que mostra diferentes pessoas carregando objetos inusitados, como balões de coração, um painel com botões de rosa e um gigantesco urso de pelúcia. Todos eses itens se transformam nas novas sobremesas do McDonald’s ao serem entregues para as pessoas amadas. Confira:

“Mais do que sobremesas, o McFlurry e o McShake Sonho de Valsa são gestos de amor. Com o conceito criativo ‘Quer provar o seu amor? Então prova’, fazemos um convite para as pessoas se conectarem e homenagearem quem amam através das duas novidades do cardápio do McDonald’s”, afirma Sergio Mugnaini, diretor de Criação Executivo da DPZ&T.

A criação da campanha é assinada por Daniel Motta, Luciano Fonseca e Daniel Mattos, com direção de criação executiva de Sergio Mugnaini. A direção geral de criação é de Rafael Urenha.

Ficha Técnica:

Produto: McFlurry Sonho de Valsa e McShake Sonho de Valsa
Agência: DPZ&T Comunicações S.A.
Direção Geral de Criação: Rafael Urenha
Direção de Criação Executiva: Sergio Mugnaini
Direção de Criação: Daniel Motta
Criação: Daniel Motta, Luciano Fonseca, Daniel Mattos
Atendimento: Daniel Jotta, Eduardo Brunoro, Mariana Magalhães, Fabiana Sanches, Amanda Laghi
Mídia: Paulo Ilha, Antonio Rodrigues, Amaury Magalhaes, Bruno Sabor
Planejamento: Fernando Diniz, Rodrigo Santini, Chris Toledo, Juliana Nobre
Aprovado por: Dan Gertsacov, Elizabeth Porth, Roberto Gnypek, João Branco
RTV: Ducha Lopes, Marina Fridman, Bárbara Polezer, Brunno Cunha
Produtora:  Paranoid BR
Direção: Heitor Dhalia
Direção de fotografia:  Will Etchebehere
Direção de fotografia (Produto):  Marcelo Corpanni
Produção executiva:  Egisto Betti
Montagem:  Rogerio Ferreira Alves
Finalizador:  Camila Doimo
Pós Produção: Inson Filmes
Trilha Sonora: Paulinho Corcione e Equipe Lucha
Produtora de áudio: Lucha Libre Audio
Finalização de áudio:  Equipe Lucha Libre
Locutor: Danilo Barbalaco
Executivo/Atendimento: Dani Celer/ Thais Urenha

http://adnews.com.br/publicidade/sonho-de-valsa-e-mcdonalds-anunciam-parceria-com-filme-emocional.html

Criatividade e tecnologia: juntas em busca do engajamento

24 de Abril de 2017

A tecnologia trouxe mais eficiência e assertividade para as campanhas de marketing, mas a criatividade continua sendo essencial para a estratégia de comunicação das empresas. Neste cenário, o uso de plataformas se se tornou um poderoso aliado. O motivo é simples: se por um lado dar vida a uma marca no mundo digital significa fazer a ponte entre a eficiência da tecnologia e o impacto da peça criativa, por outro, as informações sobre o público-alvo alimentam como nunca o processo de criação nas mais variadas plataformas e com os mais avançados recursos.

Com tanta informação circulando pelos mais variados meios e devices, é enorme a dispersão de atenção do público, que atualmente consome o conteúdo preferido, quando, onde e como quiser. Ao aproveitar a eficiência da tecnologia para desenvolver experiências relevantes e engajadoras, com base em dados desse consumidor, as marcas elevam sua empatia.

O ideal para o engajamento é a criação para todas as telas e para todos os momentos.

Será mesmo, por exemplo, que alguém que está pronto para dormir e já jantou, quer mesmo receber um anúncio sobre fast food? Será que durante uma final de campeonato, enquanto o consumidor assiste a uma partida pela TV e comenta nas redes sociais (segunda tela), ele quer receber informações sobre um novo imóvel? Talvez uma pizza caia bem no intervalo, não? Esse é um exercício simples, mas é possível elencar uma infinidade de opções baseadas na temperatura, na geolocalização, entre diversos outros parâmetros.

De acordo com a divisão de plataformas do Google, o ideal para o engajamento é a criação para todas e para todos os momentos. A dica é o desenvolvimento de peças que funcionem em vários dispositivos e canais. Ainda segundo a empresa, vale a pena personalizar algumas peças para as características únicas dos dispositivos móveis usando recursos como tamanho da tela, velocidade de conexão, acelerômetro, informações com base no local e funcionalidade de chamada.

Estudo de caso

Com 2,5 milhões de usuários engajados, abrangendo mais de metade de toda a população da Nova Zelândia, o Fly Buys é o programa de fidelidade mais popular do país. Os clientes acumulam pontos de recompensa ao fazer compras com as lojas e serviços e podem usar esses pontos para comprar novos produtos e ofertas de viagens.

A agência de mídia da Fly Buys, a MBM, descobriu através do Google Analytics que, enquanto 38% dos clientes que visualizaram um produto de recompensas no site Fly Buys iniciaram o processo de resgate, apenas 12% concluíram. Este insight fez a equipe pensar: “Se os pontos de recompensa estão lá, o que podemos fazer para incentivar mais clientes a resgatá-los?”

A MBM criou uma solução dinâmica baseada em dados com o DoubleClick, do Google e juntou várias funcionalidades para segmentar público, fazer remarketing e exibir uma publicidade personalizada e relevante. A estratégia ajudou a marca a otimizar investimentos com anúncios. O resultado? Uma semana com o maior índice de resgate de pontos da história da empresa.

Native Ads

 

Doritos cria embalagem que toca fitas cassete

 

26 de Abril de 2017  

Doritos

Quem viu o primeiro Guardiões das Galáxias da Marvel sabe a importância que a Awesome Mixtape I desempenha na trama e o quanto os espectadores se envolveram com a trilha sonora. Sabendo disso, a Doritos criou uma impressionante embalagem que possibilita ouvir as músicas selecionadas para o segundo filme da série em um tocador de fitas cassete.

Segundo informações, o inovador pacote só precisará de um fone de ouvido para que o consumidor curta a música – e os salgadinhos. Para os ansiosos fãs, a venda limitada só ocorrerá a partir de 28 de agosto nas lojas da Amazon.

Em entrevista dada ao Creativity Online, a Doritos disse que a parceria ocorre, pois ela é “uma marca que tem tudo a ver com entretenimento epicamente ousado”. Para quem se espanta com a criação, já não é primeira vez que a empresa inova em suas embalagens. No início deste ano, ela criou uma edição especial para o Super Bowl que avisa se você bebeu mais do que devia e ainda chama um Uber com desconto.

http://adnews.com.br/tecnologia/doritos-cria-embalagem-que-toca-fitas-cassete.html

Accenture mostra que organizações perdem bilhões em programas de fidelidade

18 de Abril de 2017 

Fidelidade

As empresas estão desperdiçando bilhões a cada ano em programas de fidelização de clientes que não funcionam mais como antigamente, de acordo com a nova pesquisa da Accenture Strategy. Com milhões de pontos de fidelidade acumulados e não utilizados e 80% dos consumidores do Brasil diminuindo seu relacionamento em níveis que estão afetando o lucro, as organizações devem prestar atenção aos novos fatores que impulsionam a fidelidade do cliente na era digital ou correm o risco de perder seu público para sempre.

O relatório, Seeing beyond the loyalty illusion: it’s time you invest more wisely’ (Vendo além da ilusão de fidelidade: é hora de investir de forma mais inteligente), mede as experiências e atitudes de 25.426 pessoas em todo o mundo, 1.322 brasileiras. O estudo constatou que 83% dos brasileiros trocaram de marca no ano passado, e que 36% confirmaram que as suas expectativas sobre fidelidade com relação as empresas mudaram completamente. No estudo, também foram identificados os cinco novos fatores que influenciam essa lealdade hoje.

“Novas linguagens surgiram, impulsionadas por teste em experiências digitais criativas, que mudaram a dinâmica do cliente”, diz Robert Wollan, diretor executivo sênior e líder global de estratégia avançada de consumidor da Accenture. “Todo consumidor tem um instinto natural sobre o que nos faz ‘ficar’ com uma marca. As mecânicas tradicionais de ‘preço baixo’ e ‘serviço confiável’ não são mais tão eficazes para promover a fidelidade. Com 65% dos consumidores brasileiros gastando mais com as marcas que eles amam, as organizações que adotam as abordagens tradicionais e não exploram os novos fatores que influenciam a fidelidade correm o risco de perder lucratividade e afastar os consumidores – mesmo quando eles têm as melhores intenções ou estão seguindo sua cartilha histórica. Está na hora das organizações repensarem a fidelidade.”

As novas linguagens da fidelidade

‘Provas de carinho’ – 71% dos consumidores brasileiros se sentem contemplados por marcas que oferecem pequenas provas de carinho: descontos personalizados, vale-compras e ofertas especiais.

‘Conheça-me’ – 64% dos pesquisados preferem personalizar produtos para criar algo que seja sob medida para eles, enquanto 75% são fieis a marcas que interagem com eles através de canais de comunicação preferidos. Oitenta e quatro por cento se sentem fieis a marcas que estão presentes quando eles precisam, mas que, por outro lado, respeitam seu tempo e os deixam em paz. Além disso, 86% são fieis a marcas que protegem a privacidade de suas informações pessoais.

‘Caçador de emoções’ 65% dos entrevistados escolhem ativamente os relacionamentos que os envolvem para ajudar a projetar ou criar em conjunto produtos ou serviços. Além disso, 54% optam por experiências multissensoriais, usando novas tecnologias como a realidade virtual ou realidade aumentada.

‘Se você gosta, eu gosto’ – 29% dos consultados gostam de parcerias com celebridades, e outros 33% com influenciadores sociais, como blogueiros e vloggers. Além disso, 63% apoiam causas compartilhadas, como instituições de caridade ou campanhas públicas.

‘Prenda-me’ – 69% dos que participaram do estudo curtem se conectar com outros fornecedores, dando-lhes a possibilidade de trocar pontos de fidelidade ou recompensas. Da mesma forma, 70% preferem quando estão na vanguarda, e recebem consistentemente os mais recentes produtos e serviços.

“As organizações precisam entender as linguagens da fidelidade dos seus clientes mais lucrativos e implementar a combinação ideal para garantir que elas ofereçam as experiências que impulsionam defesa, retenção e crescimento”, afirma Kevin Quiring, diretor executivo de estratégia avançada de consumidor da Accenture

http://adnews.com.br/negocios/accenture-mostra-que-organizacoes-perdem-bilhoes-em-programas-de-fidelidade.html

7 celebridades e apenas 1 vestido por 1 causa nobre

 

18 de Abril de 2017

Vestido

As estações do ano mudam, mas a necessidade de doadores de sangue nos Hemocentros em todo o país não. Com a chegada do outono, a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo teve uma queda de 35% no número de doações voluntárias. Para sensibilizar a população e mudar este cenário, uma campanha criada pela agência Y&R contou com a participação de sete personalidades: Mariana Rios, Fernanda Souza, Thaila Ayala, Sabrina Sato, Vera Viel, Ana Paula Siebert e Fabiana Justus. Todas elas usaram um único vestido para fazer o alerta: uma única doação pode salvar aproximadamente sete pessoas.

A campanha publicitária teve início com as postagens das celebridades que, na mesma semana, usaram o mesmo vestido vermelho. O fato chamou a atenção de seus fãs e dos veículos de mídia. Ao final todas revelaram, em suas respectivas redes sociais, a causa nobre:  “Não foi por acaso. Nós sete usamos o mesmo vestido para chamar a atenção para uma coisa importante: uma mesma doação de sangue pode salvar aproximadamente sete vidas. Faça sua parte. Doe sangue”.

De acordo com Rafael Pitanguy, vice-presidente de Criação da Y&R, o propósito da ação é justamente despertar a curiosidade das pessoas e gerar o debate sobre o tema, de uma forma inusitada. Para completar, o modelo do vestido revelado na campanha, criado exclusivamente pela Pop Up Store, será produzido em larga escala com 100% do lucro das vendas repassado para a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

A criação da campanha é de Marina Erthal, Mariana Villela e Fábio Tedeschi, com direção de Criação de Victor Sant’Anna, Felipe Pavani e Rafael Pitanguy.

Ficha Técnica
Título: “Vestido Repetido”
Cliente: Santa Casa de São Paulo
Agência: Y&R
VP de Criação: Rafael Pitanguy
Direção de Criação: Victor Sant’Anna, Felipe Pavani, Rafael Pitanguy
Head of Art: Felipe Pavani
Criação: Marina Erthal, Mariana Villela, Fabio Tedeschi
Atendimento: Vivianne Brafmann, Heloísa Guimarães
RTVC: Nicole Godoy, Camila Naito, Anderson Rocha e Caroline Reis
Art Buyer: Monica Beretta, Stephanie Wang
Ilustrador: Rodolfo Martins
Aprovação cliente: José Carlos Villela

Informações – Hemocentro da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo:
Site: www.santacasasp.org.br
Rua Marquês de Itu, 579Tel.: (11) 2176-7258

http://adnews.com.br/internet/7-celebridades-e-apenas-1-vestido-por-uma-causa-nobre.html

Branded content exige sutileza e engajamento

 

10 de Abril de 2017 14h – Atualizado às 14:32

branded content

A linha tênue que separava o conteúdo da programação em canais de TV dos espaços patrocinados caiu de vez por terra. O conceito de conteúdo de marca, branded content, amplia largamente sua participação na grade das emissoras e desafia os patrocinadores a criarem propostas de entretenimento interessantes e capazes de atrair – e fidelizar – o espectador. A questão ainda gera muito debate e discordância, principalmente quanto ao melhor formato e à linguagem a serem utilizados.

Uma pesquisa apresentada pela Discovery no início de março, durante o Rio Content Market, evento que reúne produtores de TV e cinema no país, mostra que, quanto mais sutil é a presença da marca, maior é a audiência e mais positiva a avaliação dos telespectadores. “O melhor tipo de marketing é aquele que não parece marketing”, decretou sabiamente Tom Fishburne, famoso por seu blog com posts em formato de quadrinhos (marketoonism). A frase traduz com precisão a velha dicotomia entre realizar comunicações baseadas em branding x promoção.

Voltando à pesquisa da Discovery, quando a participação da marca se faz de maneira ostensiva, certos gatilhos mentais são ativados no cérebro de quem assiste e criam uma resistência imediata ao programa. O telespectador sente que as marcas estão tentando lhe vender algo, manipulá-lo. A reação passa a ser defensiva, prejudicando, simultaneamente, a marca e o consumidor. Pelos mesmos motivos, o famoso call to action – ponto central da comunicação com foco em vendas e totalmente voltando para despertar no consumidor um senso de urgência – também não é recomendável.

Mas, então, o que funciona no conteúdo de marca? O formato mais focado em contar uma história e criar um relacionamento com o consumidor tem se mostrado uma excelente ferramenta. E dentre as estratégias mais utilizadas pelas empresas um ótimo exemplo é o branded content. Trata-se de uma forma de comunicação completamente diferente das promoções usuais na TV, que costumam ser seguidas de um call to action mais direto (“Compre já” ou “Só até amanhã”). Essa estrutura de call to action mais direto provoca um aumento no índice de atenção do consumidor, exposto a tal mensagem. Nesses casos, o índice de compra oscila, aumentando e diminuindo durante o período da campanha.

Enquanto isso, o branded content, que possui uma estrutura que vai desde o famoso storytelling (um pequeno filme sobre uma narrativa com início, meio e fim) até campanhas com construções mais convencionais, apresenta índices de atenção que aumentam com o desenrolar do comercial, provocando uma motivação positiva por conta do envolvimento que faz com consumidor e, consequentemente, um aumento da memorização. É uma forma de comunicação adaptada às novas demandas do mercado, em que a marca não deve mais se impor ao cliente, mas sim se relacionar com ele, conquistá-lo, atraí-lo.

Em 2015, a Forebrain realizou um projeto para a Coca-Cola, no qual avaliou a campanha “Uma ponte para Noel”. O comercial era um branded content em formato de storytelling e os resultados mostraram que, ao longo da narrativa, a atenção dos consumidores aumentava fortemente. No fim do filme, quando a atenção alcançou seu pico, a marca foi introduzida por meio da caravana Coca-Cola. Saber construir um branded content motivador e inserir a marca no momento de desfecho trouxeram resultados positivos para a empresa.

Não restam dúvidas que o maior retorno financeiro para as empresas vem desse tipo de ação, e não necessariamente de estratégias pontuais de curto prazo, baseadas em mecanismos de atenção como o que as promoções criam. Estudos de neurociência mostram meios para adotar ótimos caminhos na comunicação e no posicionamento de sua empresa, desenhados em cima da construção de valor de marca e do relacionamento com os consumidores.

É este o caminho!

http://adnews.com.br/adarticles/branded-content-exige-sutileza-e-engajamento.html

Netshoes lança chatbot exclusivo para sua corrida de rua

 

06 de Abril de 2017 15h – Atualizado às 15:19

netshoes corrida de rua

Bater aquele papo com o amigo no Messenger do Facebook e aproveitar para – no mesmo canal tirar dúvidas em poucos cliques ao digitar uma #, já é possível. Pelo menos na página oficial de Netshoes no Facebook. Isso porque a segunda edição da Netshoes Fun Race, que carrega junto o tema “Seu Novo Jeito de Correr”, ganhou um chatbot exclusivo e especialmente para o evento, que acontece no próximo dia 23 de abril em São Paulo, capital.

Por meio da hashtag #NetshoesFunRace, de forma ágil, prática e intuitiva, os interessados na corrida têm a chance de esclarecer dúvidas sobre a prova.

O movimento faz sentido juntamente com o principal foco da marca: utilizar a tecnologia para melhorar o relacionamento com seus clientes, conforme explicação de Gabriela Platinetty, diretora de marketing da Netshoes: “O chatbot, numa plataforma como o Messenger do Facebook, que reúne milhões de pessoas conectadas a todo minuto, é a materialização da tecnologia a serviço da experiência, principal foco da Netshoes no relacionamento com o cliente. A percepção de boa experiência contempla diversas etapas, com diferentes ações que colaboram para a satisfação, e é isso que buscamos com o chatbot exclusivo da Netshoes Fun Race”.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas clicando aqui

http://adnews.com.br/internet/netshoes-lanca-chatbot-exclusivo-para-sua-corrida-de-rua.html

Havaianas quer levar espírito do verão brasileiro para o mundo

 

07 de Abril de 2017 11h – Atualizado às 11:29

1

Em forma de embalagens especiais e multicoloridas, a campanha global de Havaianas 2017, criada pela AlmapBBDO, está chegando aos países onde as sandálias são comercializadas, levando à várias partes do mundo, a essência do verão brasileiro, sua alegria, o ritmo, a energia e o jeito único do povo brasileiro fazer amizade. Cada embalagem destaca, com uma ilustração diferente, um desses atributos.

Ponto de partida da campanha internacional 2017, a coleção de embalagens deu origem a diversos cartazes, anúncios, gifs, vinhetas e material para vitrines que serão veiculados globalmente. Além disso, em forma de caixas, latas ou potes de sorvete, elas também serão usadas ao longo do ano em ativações, press kits para influenciadores e ações de marketing direto. No Brasil, as embalagens serão lançadas em breve.

O conceito da campanha global 2017 é “Havaianas. Feitas do verão brasileiro”. Na versão internacional, em inglês, ele é traduzido para “Havaianas. Made of Brazilian Summer”.

Confira abaixo algumas peças para este ano:

Ficha Técnica
Anunciante: Alpargatas
Agência: AlmapBBDO
Título: Made of Brazilian Summer
Produto: Havaianas
Direção geral de criação: Luiz Sanches
Direção executiva de criação: Bruno Prosperi
Criação: Keka Morelle, Pedro Corbett, Felipe Antonioli, Daniel Oksenberg
Ilustração 2D: Adelmo Barreira, Motor Niveo, Black Madre Atelier, Keka Morelle, Felipe Antonioli.
Ilustração 3D: Gelmi Estudio de Arte
Tipografia: Motor Niveo
Fotografia: Alê Catan, Mariana Valverde
Art Buyer: Tereza Setti, Ana Cecilia da Costa
Atendimento: Cristina Chacon, Flavia Fusco, Renata Carvalho, Italo Vetorazzo, Sâmia Reiter
Planejamento: Sergio Katz, Vanessa Sakamoto, Beatriz Scheuer
Mídia: Luis Flavio Padilha, Carla Durighetto e Maria Eugenia
Aprovação: Carla Schmitzberger, Rui Porto, Eliana Vilches, Marcelo Vecchi, Maria Fernanda Candeloro

http://adnews.com.br/publicidade/havaianas-quer-levar-espirito-do-verao-brasileiro-para-o-mundo.html