Arquivo mensal: julho 2013

Placement de Wolverine gera buzz no Twitter

Segundo dados da Qual Canal, do total de tweets feitos sobre filme durante dia de exibição do capítulo da novela, 84% ocorreram após a ação de product placement

Cartaz do novo filme do super-herói Wolwerine

Durante o capítulo da última quarta-feira, dia 24 de julho, da novela Amor à Vida os personagens Valdirene (Tatá Weneck) e Maciel (Kiko Pissolato) foram ao cinema assistir Wolverine Imortal

São Paulo – Mensurar o impacto de uma ação de Product Placement não é uma tarefa das mais simples. Entretanto, curioso notar, o quanto a segunda tela pode dar um feedback sobre o trabalho.

Durante o capítulo da última quarta-feira, dia 24 de julho, da novela Amor à Vida os personagens Valdirene (Tatá Weneck) e Maciel (Kiko Pissolato) foram ao cinema assistir Wolverine Imortal. A ação de product placement, que marca a estreia do filme no Brasil (dia 26 de julho) aumentou consideravelmente o número de tweets sobre o filme.

Segundo dados da Qual Canal, empresa brasileira pioneira na análise da viralidade dos programas de TV no Twitter, do total de tweets feitos sobre o filme durante o dia de exibição do capítulo, 84% ocorreram após a ação, o que indica uma clara e forte influência do merchandising nas conversas sobre o filme no Twitter.

Dentre os tweets mais populares após a ação na novela, destaca-se a mensagem do perfil @jovemnerd, a mais retuitada do dia sobre o filme, com mais de 170 retweets: “A Tata Werneck acabou de fazer o melhor merchan da história das novelas da Globo. #Wolverine”

“Enxergamos este tipo de ação como algo cada vez mais comum na relação entre a publicidade e a televisão. E é importante ressaltar que fica mais fácil ampliar o impacto de ações de product placement se considerarmos o Índice Viral (Viral Index ou VI) dos programas, isto é, a relação entre seus shares de audiência e de tweets”, destaca André Terra, sócio-fundador do Qual Canal.

O VI foi criado pelo Qual Canal para medir o potencial viral de um programa, através da relação direta entre os shares de audiência e de Tweets.

revista Exame – 29/07/2013

http://exame.abril.com.br/marketing/noticias/placement-de-wolverine-gera-buzz-no-twitter

Coca-Cola lança a maior ação promocional para a Copa 2014

A promoção será realizada no período entre 30 de julho e 28 de outubro e o consumidor poderá participar por meio da internet ou celular

Coca-Cola lança a maior ação promocional para a Copa 2014

“Cante e leve todo mundo para Copa do Mundo da FIFA 2014”, que será lançada nesta terça-feira, dia 30, terá como prêmio uma viagem com tudo pago para o vencedor e seus convidados vivenciarem de perto a maior festa do futebol mundial

São Paulo – A maior ação promocional da Coca-Cola Brasil para a Copa do Mundo da FIFA vai dar a chance a cinco pessoas de levarem, cada um, o número de 100 amigos, com tudo pago, para assistir a um jogo do Brasil em 2014.

“Cante e leve todo mundo para Copa do Mundo da FIFA 2014”, que será lançada nesta terça-feira, dia 30, terá como prêmio uma viagem com tudo pago para o vencedor e seus convidados vivenciarem de perto a maior festa do futebol mundial. A promoção será realizada no período entre 30 de julho e 28 de outubro e o consumidor poderá participar por meio da internet ou celular.

“Cante e leve Todo Mundo para Copa do Mundo da FIFA” faz parte do projeto de música da Coca-Cola para a Copa. Como em 2010, a marca revela uma canção para o mundial e, nesta oportunidade, se chamará “Todo Mundo”. Até 2014, a música rodará o país e o planeta captando vozes, estilos e ritmos de diferentes povos. Com a energia renovada por todas as culturas para embalar todo o Mundo.
“Trata-se de uma nova proposta. ‘Todo Mundo’ é uma musica colaborativa, que se reinventará a cada dia, a cada voz acrescentada. A música é um convite para as pessoas participarem. Ela é uma música aberta, todos poderão cantar e fazer parte”, diz Luciana Féres, diretora de marketing da marca Coca-Cola na Coca-Cola Brasil.
Segundo a empresa, para esta primeira versão de “Todo Mundo”, sonoridades que representassem a música brasileira e que transmitissem, ao mesmo tempo, alegria e pluralidade foram buscadas. Para a marca, a união das vozes e ritmos de Gaby Amarantos e do Monobloco representa justamente o Brasil de Todo Mundo.
“O processo de escolha dos ritmos, dos músicos e da música buscou acima de tudo representar um Brasil autêntico e não estereotipado. Foi assim que chegamos à música, uma mistura de ritmos para representar o Brasil de Todo Mundo”, explica Luciana.

Gaby Amarantos e Monobloco estarão no filme oficial da campanha

O consumidor terá duas formas de participar promoção: enviando o código das tampinhas e anéis de Coca-Cola por SMS ou pela internet. Após cadastrar o código, o consumidor poderá cantar a música tema da promoção no site e triplicar as chances de ganhar. A gravação poderá ainda ser compartilhada com os amigos nas redes sociais. Participam da promoção Coca-Cola, Coca-Cola Zero, Kuat, Sprite, Fanta e sabores e Guaraná Jesus (lata 350ml, Pet 600ml, Pet 2L, Pet 2.25L, Pet 2.5L e Multipack de lata 350ml).
A promoção será sustentada por uma campanha com forte atuação em TV, digital, cinema, rádio e mídia exterior, no ar a partir do dia 22 de agosto. Em 30 segundos, o comercial vai engajar o consumidor, principalmente o público jovem, a participar da promoção. O filme para a TV, assinado pela filial brasileira da agência Wieden + Kennedy, tem a participação de Gaby Amarantos e dos integrantes do Monobloco cantando a música “Todo Mundo”. Já a ação promocional foi criada e operacionalizada pela Inflama RIO

http://exame.abril.com.br/marketing/noticias/coca-cola-lanca-a-maior-acao-promocional-para-a-copa-2014

 

Dafiti e Netflix foram maiores anunciantes online do Brasil

A Comscore divulgou dados sobre a publicidade online no Brasil do serviço Ad Metrix, apontando 130,6 bilhões de exibições de publicidade online em abril.

72,6 milhões de brasileiros foram impactados, em média, 1.797 de vezes.

Os dois principais anunciantes online do Brasil em abril foram o site de moda Dafiti e a Netflix, com 2,3 bilhões e 1,9 bilhão de visualizações, respectivamente.

Também estão entre os maiores anunciantes online a Netshoes e o Bomnegocio.com.

Publicidade |             24/06/2013 17:59

http://exame.abril.com.br/marketing/noticias/dafiti-e-netflix-foram-os-maiores-anuncantes-online-do-brasi

O rigor do Visual Merchandising

Todo varejista sabe que o trabalho de visual merchandising exige perfeição, porém muitos não conseguem transformar esta necessidade em um dos pilares do seu sucesso. O rigor no alinhamento e na arrumação de pilhas, dobras, fileiras ou de qualquer forma de agrupamento de produtos deve ser sempre mantido de modo obsessivo e quase que militar.

Se toda barraca de feira que se preze consegue, não há motivo para que uma rede de lojas se contente com nada menos que isso.

Lembramos que ser disciplinado na apresentação de pilhas e caprichar na coordenação dos produtos ou no posicionamento das embalagens não é suficiente. É importante planejar, estabelecer um critério para o número de peças repetidas, um sistema para a definição dos blocos, uma lógica que defina a evolução das linhas e uma estratégia que combine tudo isso de forma a facilitar a operação e a reposição pela equipe e a seleção pelo consumidor.

Além de tudo isso, sempre que possível, devemos nos lembrar que o varejo favorece uma dinâmica na apresentação das imagens. A loja deve mudar, evoluir, oferecer ao cliente novidades e lançamentos, para justificar a sua volta.

A beleza do sistema é favorecermos a descoberta, pelo cliente, de produtos encadeados, coordenados entre si, complementares, de forma que a compra de um induza o desejo pelo seu vizinho, que passe a ser indispensável aos olhos do cliente.

Uma apresentação excelente valoriza o produto. Ao contrário, uma exposição sem cuidados passa uma impressão de desleixo, desqualifica a loja e desprestigia a marca.

Para resolver isso não existe uma formula única, mas várias. Para começar, temos uma tipologia diferente para o autosserviço e para a venda assistida.

Uma loja que apresenta blocos uniformes e arrumados de produto é identificada como praticante do sistema de autoatendimento, transmitindo uma impressão de fartura, de boa oportunidade de compra, de maior rapidez e agilidade.

Quando trabalhamos assim mantemos o estoque na loja, racionalizamos o serviço e minimizamos a necessidade do vendedor.

Já quando expomos os produtos individualizados, passamos uma impressão de maior exclusividade, com peças únicas ou pequenas tiragens. Costumamos associar este sistema a mais prestígio, melhor serviço e preços mais altos. O cuidado na apresentação deve ser ainda maior.

Nestes casos prevemos, além do rigor na seleção de cores, uma dose maior de criatividade e surpresa no trabalho de visual merchandising.

Além de todas essas vantagens, criar um sistema próprio de apresentação capaz de definir com clareza departamentos, linhas e produtos é uma das maneiras mais eficientes de se diferenciar e de ir ao encontro de uma das maiores aspirações do público:

– Achar o que deseja sem necessidade de perguntar ao vendedor, iniciando sozinho o seu processo de tomada de decisão.

Pense bem, não é bacana passar os olhos pela loja e saber de antemão se naquele lugar nós vamos ou não achar aquilo que procuramos?

 

Manoel Alves Lima, diretor da FAL Design Estratégico para Varejo, Vice Presidente do Retail Design Institute e co-editor do Blog da FAL

Redesign – 27 Jun 2013

http://www.gsmd.com.br/pt/artigos/redesign-20121214-093438/o-rigor-do-visual-merchandising

Janela falante transmite anúncio pelo cérebro do consumidor

São Paulo – Se você ouvir vozes na sua cabeça enquanto viaja de metrô, você pode não estar louco. Uma nova e polêmica tecnologia criada pela Sky para transmitir anúncios pode surpreender (e assustar) passageiros de transportes públicos.

De acordo com a campanha assinada pela BBDO de Düsseldorf, na Alemanha, consumidores que encostarem a cabeça na janela de metrô e trens vão ouvir uma mensagem transmitida diretamente para o cérebro.

O anúncio é emitido por um aparelho acoplado ao vidro que transmite ondulações de alta-frequência para o cérebro que, por sua vez, as traduz em sons e palavras.

Segundo o vídeo promocional, a tecnologia agora aplicada na publicidade já é utilizada por deficientes auditivos e militares