Arquivo mensal: fevereiro 2012

Rio 2016 convoca para programa de licenciamento

Expectativa da organização dos jogos é movimentar R$ 1 bilhão com a venda de produtos licenciados

10 de Fevereiro de 2012 14:54

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 apresenta na próxima terça-feira, 14, o programa de licenciamento dos jogos olímpicos do Rio. Neste dia, será promovido no Museu de Arte Moderna (MAM) da capital carioca o 1º Encontro de Licenciamento Rio 2016. A expectativa dos organizadores é movimentar R$ 1 bilhão com a venda de produtos licenciados.

Neste encontro, empresas interessadas em se tornar licenciadas para a fabricação e venda de produtos oficiais dos jogos terão a oportunidade de saber como funcionará o programa de licenciamento. Ainda neste dia, será promovida uma exposição de produtos licenciados de edições passadas de Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

Para o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos, além de ser uma fonte de receita para a realização dos Jogos, o licenciamento de produtos “é uma oportunidade de promover o envolvimento do público com o evento e de geração de negócios para uma extensa gama de empresas”.

A inovação com a escolha de uma marca tridimensional pode levar o licenciamento de produtos a superar a expectativa de arrecadação do Comitê Organizador. Fred Gelli, sócio e diretor de criação da Tátil Design, empresa que assina a marca olímpica e paralímpica, defende que a logo da Rio 2016 pode gerar uma gama a infinita de produtos, levando a vendas significativas.

http://www.meioemensagem.com.br/home/marketing/noticias/2012/02/10/Rio-2016-convoca-para-apresentacao-de-programa-de-licenciamento.html

A Viúva Clicquot

É uma história realmente impressionante e é um livro fino de leitura fácil. A personagem principal soube pensar fora da caixa em vários aspectos em uma época que o champagne não tinha rótulo e nem marca”, explica Fernando Andraus, diretor da Executive Search.

A obra tem como pano de fundo a história de uma viúva que herdou a vinícola do sogro e transformou em um grande negócio. Além do sucesso como empreendedora, ela revolucionou a própria indústria de champagne ao adicionar componentes de marketing que são usados até hoje.

A Viúva de Clicquot Tilar J. Mazzeo

Rocco 2009

Versão mobile para o e-mail marketing

Ignorar esta plataforma pode deixar suas mensagens fora do círculo de informações dos consumidores, que estão cada vez mais móveis com o uso dos smartphones

Atualmente as pessoas buscam por notícias, atualizações, quase que em tempo real. Os aparelhos celulares estão aí para acompanhar essa tendência, com telas maiores e novas tecnologias. O número de usuários mobile cresce a cada instante, mas… e seu e-mail marketing, já foi adequado para versão mobile?
Não podemos esquecer que, um e-mail para ser visualizado pelo celular, deve conter menos texto e mais informação relevante. O destinatário nem sempre está com toda a atenção voltada para a mensagem, por isso você deve trabalhar seu texto de forma atrativa e bem objetiva.
Ignorar a versão mobile pode trazer consequências. Se os seus assinantes são móveis e seu e-mail não está otimizado para estes ambientes, você corre o risco de você corre o risco de ficar fora da comunicação.
Se você não consegue chegar aos destinatários da maneira que eles preferem, seus emails não serão lidos. Faça uma análise da sua base e fique atento ao número de usuários que visualizam sua mensagem através de um dispositivo mobile. Outra coisa importante é inserir em seu site a opção para o recebimento da mensagem na hora que um novo usuário se cadastrar em sua base, ofereça as opções “web” e “mobile” para o futuro destinatário escolher qual versão atende melhor às necessidades dele.

http://mundodomarketing.com.br/blogs/marketing-digital/22870/a-importancia-de-criar-uma-versao-mobile-para-o-e-mail-marketing.html